minisom uma marca amplifon
02 Junho 2017
Categoria

Amplifon adquire a Minisom em Portugal

É com grande satisfação que anunciamos que, no âmbito da consolidação da sua liderança mundial, e do projeto de expansão e proximidade ao consumidor em Portugal, o Grupo Amplifon adquiriu a reconhecida empresa de soluções auditivas Minisom.

Amplifon e Minisom estão agora juntas para prestar um serviço de qualidade e excelência a todos os seus clientes e aos portugueses em geral.

"Minisom, uma marca Amplifon” é a nossa nova assinatura, que resulta da vontade de aliar a experiência de mais de 65 anos do Grupo Amplifon, líder mundial em soluções auditivas, ao reconhecimento que a marca Minisom possui no mercado nacional.

Estamos mais perto dos portugueses, com todas as vantagens que já conhece:

  • A experiência auditiva mais completa e precisa
  • Uma gama mais alargada de soluções auditivas, com a mais recente tecnologia
  • Profissionais altamente qualificados
  • Assistência técnica garantida a todos os clientes Amplifon e Minisom 
  • Prémios Confiança atribuídos pelos consumidores
  • Rede alargada de centros auditivos
  • Assistência a nível internacional, com mais de 9.000 centros auditivos em 22 países
  • 65 anos de experiência do Grupo Amplifon


Da próxima vez que se dirigir ao seu centro auditivo habitual irá, provavelmente, notar que mudámos a nossa imagem… mas a equipa que o(a) tem acompanhado vai lá estar para o receber e apoiar, como sempre o fez!
 
Caso ainda não seja nosso cliente, usufrua do nosso completo Exame Auditivo 360º, gratuito, em qualquer um dos nossos centros auditivos em Portugal e fique a saber, com detalhe, como está a sua saúde auditiva. 

Para garantir já a sua consulta, gratuita, clique AQUI.

Venha descobrir o nosso novo mundo em Portugal!

02 Junho 2017
Categoria
10 Março 2017
Categoria Notícias

Perda auditiva não diagnosticada pode aumentar isolamento social

Um estudo recente realizado pela Universidade de Columbia Britânica no Canadá (University of British Columbia, UBC), publicado na revista Ear and Hearing, revelou que a perda auditiva desconhecida e não tratada está associada a um aumento significante de risco de isolamento social, em especial em pessoas com idades compreendidas entre 60 e 69 anos de idade. 
10 Março 2017
Categoria Notícias
LER MAIS
Voltar

Medicamentos podem causar deficiência auditiva

 Medicamentos podem causar deficiência auditiva
03 Novembro 2016
Categoria Notícias

Medicamentos podem causar deficiência auditiva

Certos tipos de fármacos à venda no mercado podem causar deficiência auditiva temporária ou permanentemente. Segundo a Americana Speech-Language-Hearing Association (ASHA), nos Estados Unidos da América foram identificados mais de 200 medicamentos causadores de diversos tipos de deficiências auditivas

Os medicamentos ototóxicos, usados parar tratamento de infeções mais graves, de tumores e de doenças cardíacas, por exemplo, são alguns dos visados. Entre eles, incluem-se alguns tipos de antibióticos aminoglicosídicos; especialmente a gentamicina, a streptomicina e a neomicina; as drogas usadas em quimioterapias, como a ciclosfosmida, a cisplatina, a bleomicina e a carboplatina; e outros tipos de medicamentos como a furosemida e a bumetanida, utilizados no tratamento da tensão arterial elevada e da insuficiência cardíaca. 

A perda auditiva, que se concretiza quando os fármacos começam a danificar as células sensoriais da cóclea no ouvido interno, é mais comum entre pessoas com doenças renais ou com problemas auditivos anteriores, segundo um site americano, WebMD.com. Neste website, responsável pela transmissão de informação sobre saúde, poderá também encontrar a lista dos medicamentos acima visados.

Fonte: www.daily-chronicle.com

03 Novembro 2016
Categoria Notícias