Intervenção precoce beneficia crianças com perda auditiva
12 Novembro 2016
Categoria

Intervenção precoce beneficia crianças com perda auditiva

O desenvolvimento da linguagem em crianças com perda auditiva melhora significativamente com uma intervenção precoce, segundo os resultados de um estudo conduzido por pesquisadores das University of Iowa e University of North Carolina at Chapel Hill, nos Estados Unidos da América.

Os pesquisadores constataram que crianças com perda auditiva leve e severa têm uma linguagem mais precária e que o consequente impacto na linguagem aumenta à medida que a perda auditiva cresce. O estudo também revelou que se se proporcionar a estas crianças uma boa adaptação a um aparelho auditivo, regista-se então um melhor desenvolvimento na sua linguagem.

O estudo descobriu que muitas das crianças analisadas com problemas auditivos sérios, que tiveram assistência médica precocemente, foram capazes de recuperar e de se aproximar dos seus colegas com audição normal, em termos do desenvolvimento da linguagem”, acrescentou Bruce Tomblin, professor da Universidade de Iowa, Department of Communication Sciences and Disorders.

Fonte: www.medicalxpress.com

12 Novembro 2016
Categoria
Voltar

Descoberto o gene causador da otosclerose

 Descoberto o gene da Otosclerose
12 Outubro 2016
Categoria Notícias

Descoberto o gene causador da otosclerose

Cientistas do Ear Institute at University College of London acabam de revelar um estudo que revela a descoberta do gene causador de otosclerose, o SERPINF1. Esta fantástica descoberta é mais um passo em direção ao tratamento desta doença, que causa frequentemente uma diminuição auditiva.

A otosclerose é uma doença hereditária que afeta uma entre duzentas pessoas, resultando numa perda auditiva condutiva. É causada por um crescimento anormal de um osso no ouvido médio, o qual evita que o estribo vibre normalmente em resposta ao estimulo sonoro. Os sintomas mais frequentes desta patologia são tonturas, dificuldades de equilíbrio, vertigens, perda auditiva e tinnitus.

Muito embora seja necessário efetuar uma cirurgia para minimizar os sintomas da otosclerose, para remoção dos ossículos afetados, substituindo-os então por próteses, a utilização de um aparelho auditivo é recomendada durante todo o processo, uma vez que suprime a perda auditiva e minimiza os efeitos da perda auditiva no cérebro.    

Fonte:www.ncbi.nlm.nih.gov

12 Outubro 2016
Categoria Notícias